réveillon

O que eu achei de viajar no natal e réveillon

postado em: Colunas, Diversos, Planejamento | 0
Compartilhe!

O natal e réveillon de 2019 aconteceram fora de casa! Viajei com minha família (minha mãe, meu irmão e minha irmã) para Portugal e Espanha. Passamos o natal em Lisboa e o réveillon em Barcelona.

Viagem em família no final de ano (arquivo pessoal)

Foi uma experiência interessante e por isso resolvi escrever sobre ela trazendo meu ponto de vista. Imagino que muitas pessoas possam ter dúvidas sobre se vale a pena ou não passar natal e réveillon fora de casa e eu espero poder ajudar com esse texto.

Qual é a experiência que você quer?

A primeira pergunta que eu faço é essa: que tipo de experiência você quer vivenciar? Eu sou uma pessoa muito desligada de festas de fim de ano. Acho os enfeites bonitinhos e para por aí! Inclusive algumas coisas dessa época do ano me irritam muito, como aquelas famílias que se odeiam o ano inteiro e se reúnem para uma ceia no natal. Eu, hein?

Estar com pessoas que gosto e “viver um dia normal” é mais do que suficiente, assim como acontece em qualquer outro mês para mim. Um dia especial para mim é sempre aquele em que eu faço as coisas que eu gosto. E se eu gosto de ver Netflix, por que não assistir no natal? É mais ou menos assim que funciona minha cabeça.

Bom, essa sou eu. E eu sei que você é uma pessoa diferente. Por isso, antes de se decidir se você irá ou não viajar durante as festas de fim de ano, deixe claro para si mesma o tipo de experiência que você quer viver nessa época. Porque algumas coisas são certas: em uma viagem você não terá uma super ceia, uma experiência familiar mais ampla (mesmo que viaje com sua família, você não irá com ela toda)… E eu arrisco dizer que o réveillon do Brasil se não é o mais animado e festejado do mundo, é um dos mais! Se essa festa for importante para você e você quiser viajar, viaje dentro do Brasil.

Vantagens de viajar no natal e réveillon

Como tudo na vida, há os prós e os contras! Aqui eu vou falar do que eu, Débora, particularmente gostei sobre viajar nessa época de festas de fim de ano.

  • Só se você realmente tem uma ojeriza muito forte pelo natal que não irá se encantar com as decorações. A Europa fica linda e eu acredito que outros lugares também! As maiores cidades que visitei nessa época (Lisboa, Barcelona e Madrid) estavam especialmente iluminadas e coloridas. É lindo de se ver e proporciona fotos diferenciadas dos pontos que você irá visitar.
  • Se você vai para locais que são frios nessa época do ano pegará preços de baixa temporada, em sua maioria. Falando nisso, quer aprender a se vestir para o frio? Leia aqui!
  • Uma vantagem que se aplica a mim e a algumas pessoas é que, por ser profissional autônoma (psicóloga), parar e tirar férias nessa época do ano costuma ser muito vantajoso para mim. Afinal de contas, meus clientes também tendem a sair de férias e meu consultório fica naturalmente mais vazio. Então eu tiro férias em uma época que perco menos trabalho. Para quem tem férias coletivas e é “obrigada” a sair de férias nessa época do ano, o melhor a fazer é conseguir se organizar para viajar nesse momento.

Desvantagens de viajar no natal e réveillon

E agora, vamos aos contras que eu identifiquei:

  • Alguns lugares ficam sim mais cheios por causa das festas, especialmente locais de compras ou cujo turismo esteja ancorado nas festividades (exemplo: Natal Luz em Gramado). Se você gosta de comprar ou quer fazer uma viagem especialmente para isso, sugiro fugir dessa época. Prefira ir logo após as festas para pegar as promoções.
  • Um ponto que eu detestei é que mesmo atrações turísticas que ficam abertas o ano inteiro tendem a fechar nos dias 25/12 e 01/01. São raras aquelas que estarão abertas. Confira antes e, caso você decida viajar na época de festas, faça seu planejamento considerando isso. Em Lisboa deixei de visitar atrações que supostamente abririam no dia 24/12 (conforme descrito nos sites oficiais) porque o governo resolveu dar o feriado para os funcionários.
A Torre de Belém (bem como o Mosteiro dos Jerônimos e Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa) foram pontos que não pude entrar porque o site informava que estariam abertos no dia 24/12 (embora fechassem no dia 25), mas cheguei lá e estavam os três fechados por determinação do governo, acabando com um dia do meu roteiro (arquivo pessoal)
  • Além das atrações turísticas em si, você pode ter uma dificuldade maior com transporte interno (operando com horário de feriado — reduzido), com os aeroportos lotados e com restaurantes fechados.

Minha conclusão

Eu viajaria de novo no natal e réveillon? A resposta mais frequente na vida é: depende! Depois de você ter lido os pontos que coloquei, creio que você entendeu que essa é uma resposta pessoal e circunstancial.

Primeiro, tem que pensar na experiência de festas de fim de ano que se quer ter. Depois, considerar as vantagens e desvantagens de viajar nessa época do ano. Por fim, tomar a sua decisão!

Eu prefiro não repetir essa experiência, especialmente por causa dos contras que coloquei. Quanto à iluminação, que gostei muito, pode ser vista um pouco antes e um pouco depois das festas. Se você quiser muito vê-la, pode se programar de uma dessas formas!

A outra vantagem — preços mais baixos por ser baixa temporada em alguns lugares do mundo (é alta temporada nas praias do Brasil, por exemplo, porque o nosso réveillon bomba e está no verão) — você pode também se organizar para pegar a baixa temporada em outra época.

Mas agora finalizando a minha conclusão: eu não achei os contras ruins o suficiente a ponto de eu não repetir essa experiência nunca mais. Ou seja, se encontrar uma bela promoção de passagem para algum lugar que tenha interesse em visitar, por que não?

Espero que tenha te ajudado a entender o que pensar antes de tomar essa decisão! 🙂

Débora Lopes

A profissão oficial é psicóloga, mas faz um monte de coisas. Devoradora de livros, maratonista de seriados, mãe de cachorro... Débora é uma jovem idosa que jamais recusa um café com os amigos. Ama viajar, especialmente para lugares frios. Vive em Belo Horizonte sonhando com o Canadá.

Compartilhe!